Transformação digital: 3 verdades desconfortáveis ​​em 2020

transformação digital

Tem grandes planos de transformação digital para esse ano? Esses obstáculos já podem estar retardando o seu progresso. Veja como superá-los:

É um novo ano e uma nova década - e para muitos de nós, isso traz emoção e otimismo. Mas a transformação digital em 2020 traz consigo alguns obstáculos.

O sucesso deste ano exigirá a análise de algumas verdades desconfortáveis ​​sobre o que realmente está diminuindo - ou até parando - o progresso digital. Três questões estão travando a transformação digital, e aqui está outra verdade: a maioria das organizações sofre com alguma versão das três.

 

Vamos lá:

 

  1. Você não tem as pessoas de que precisa para a transformação digital - e não pode comprá-las.

As organizações encaram a questão do talento digital como uma nova e empolgante receita: sabem que não podem cozinhar com o que têm na cozinha, mas podem comprar os ingredientes. O problema é que hoje o mercado de talentos digitais é mais um supermercado antigo do que um moderno:

Não há muito nas prateleiras. Mesmo com um orçamento ilimitado, certas populações de talentos são altamente evasivas, especialmente em cidades menores.

 

O que podemos fazer?

Simplifique e priorize de forma implacável suas necessidades de talento digital. Do que você realmente precisa e quem é a pessoa menos qualificada que pode fazer isso?

Mapeie as lacunas usando dados - e considere habilidades e comportamentos. É fácil subestimar as populações que você já emprega - e desconsiderar o papel da agilidade na aprendizagem. Você pode recrutar melhor um aluno altamente fluido com 20% das habilidades atuais necessárias do que um indivíduo passivo, orientado por processos, com 80% das habilidades necessárias. É fundamental saber com base em fatos quem é quem.

 

  1. Os empregos serão fluidos nos próximos anos... no mínimo.

Novos empregos e novos cargos surgem constantemente e continuam se transformando, com as organizações freneticamente escrevendo e reescrevendo descrições de cargos, mesmo quando os funcionários desenvolvem suas funções em algo completamente diferente. Como resultado, um exercício extremamente valioso - capturar como o trabalho está se transformando - se torna difícil com mais frequência do que gostaríamos de admitir.

 

O que podemos fazer?

Pense no que as equipes de indivíduos precisam realizar - de maneira agregada - e forneça a elas orientações suficientes sobre como dividir o trabalho para fazê-las funcionar.

A taxa de mudança no trabalho digital está pronta para acelerar, não para diminuir. Portanto, verifique se seus sistemas e processos em torno de tarefas e funções podem acomodar mudanças constantes - e uma abordagem de "produto mínimo viável" para capturar o que está em uma tarefa a qualquer momento.

 

  1. A diferença de entendimento entre os negócios e os líderes de TI nunca foi tão grande.

Agora, mais do que nunca, a TI e os negócios precisam de um idioma compartilhado - o trabalho que está sendo feito é cada vez mais integrado.

Os líderes de TI adotaram um léxico totalmente novo para acompanhar o progresso tecnológico rápido e não linear, e os líderes de negócios geralmente não têm o vocabulário necessário para transformar os desafios de negócios em questões tecnológicas bem estruturadas. Nos dois lados, a pressão constante para agir como um “líder da próxima geração” (sem a capacidade certa de fazê-lo) geralmente leva os líderes a se calarem e a não fazer as perguntas certas.

 

O que podemos fazer?

Faça da comunicação simples e informal a regra, não a exceção. Não há vergonha em dizer que as comunicações internas da sua organização - escritas ou faladas - devem ser escritas de modo que um aluno do ensino médio possa entendê-las, reduzindo drasticamente o risco de mal-entendidos. Além disso, converse informalmente e em tempo real o mais rápido possível. As pessoas que se comunicam regularmente - e se sentem seguras fazendo perguntas, especialmente em pequenos grupos ou individualmente - se entendem melhor.

Você já notou alguma dessas tendências em seu local de trabalho? Se a resposta for sim, é hora de agir e fazer o melhor que puder com a situação!

Caso tenha percebido uma tendências além das que mencionamos aqui, compartilhe com a gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FREE MULTIAGÊNCIA  BLUMENAU 47 3326 7565    
arrow-uptwitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram